sexta-feira, 1 de junho de 2012

Vícios

Olhei pra trás e respirei aliviado
Imagine só se eu tivesse me acorrentado àquilo!
Como pude ser tão ingênuo?
Talvez tenha sido um momento frágil de minha vida.
Ou eu só estava desesperado por alguém
Alguém que precisasse de mim e de meus cuidados
Bastou apenas um sorriso
E eu me derreti.

Quanta ingenuidade!
Seduzido por uma....
Bem, estou aliviado!
A bala passou raspando
E seus vícios apenas respingaram em mim
Levou tempo pra que eu percebesse
Alguém me salvou daquilo tudo

Hoje me dizem o quanto eu fui burro
Por que não disseram antes?
Acho que eu devia ter passado por isso
Por todo o sufoco que ela causou
Todo o constrangimento que sofri...

Seja feliz, seja lá com quem for
Ou com o que for...
Não me procure, nem me incomode
Já conheço todas as suas armadilhas
E suas mentiras ardilosas
Que apenas me fizeram sofrer.

Mas fique tranquila,
Porque alguém me salvou
Daquilo tudo.
Alguém me salvou de você.
Finnegan.

Nenhum comentário: