terça-feira, 7 de junho de 2011

Nicole...


Um dia ela se foi sem olhar pra trás...
Percebi naquele instante que jamais voltaria.
Há quem diga que não me importei, outras sabem o quanto chorei.

Uma noite ela ligou, disse que sentia saudades.
Mas não quis voltar para cometer o mesmo erro de confiar em mim.
Fechei os olhos e imaginei-a ao meu lado.
Senti seu cheiro, ouvi sua voz doce e fiquei feliz com aquilo.

Não me movi nem ao menos corri atrás.
Deixei-a livre para tomar suas próprias decisões.
Nunca me arrependi, mas senti sua falta.
Ela nunca sentiu a minha falta, mas se arrependeu.

Voltar no tempo seria bom, mas não seria o suficiente.
Avançar no tempo seria loucura.
Por isso me prendo a não pensar mais nisso.
Tentar esquecê-la é impossível e uma coisa horrível.

E agora me pergunto qual é a sua intenção.
Me ligando todas as noites pra me lembrar que a deixei partir sem um 'adeus'.
Me dando todas as deixas para uma conversa franca sobre saudades e remorso.
E se isso realmente tem um propósito.

"Okay, eu desisto. Eu te amo e a quero de volta"

Finnegan.

Nenhum comentário: