quinta-feira, 31 de março de 2011

29/03/2011 - A Saga (Primeira parte)

Com um pouco de atraso venho aqui postar a ‘saga’ que foi para eu conseguir ir ao show do 30 Seconds to Mars no dia 29 (terça-feira). O post será extenso, então preparem-se para ler bastante e dar algumas risadas comigo!

Aí vai:

28/03/2011 (Madrugada) – Era bem tarde, eu estava sem sono conversando no MSN, quando fui olhar os contatos que permaneciam online vi o Ricardo (amigo meu de muitos anos) e me lembrei na mesma hora que eu ele havia me prometido comprar o ingresso pro show do 30 Seconds to Mars se eu lhe fizesse um favor (que eu realmente fiz contrariando todos os meus princípios, mas fiz).

Chamei o Ricardo pelo MSN já perguntando do ingresso logo de cara e ele assumiu que estava me devendo isso, conversamos durante algum tempo sobre isso, mas como era bem tarde não resolvemos nada e ele saiu porque teria de acordar cedo no dia seguinte. Fiquei bastante apreensiva de ele tentar me enrolar para não comprar o ingresso.

28/03/2011 (Manhã) – Acordei, como de costume, às 9 da manhã e fui direto pro MSN. Chamei o Ricardo novamente pelo MSN (ele já estava no trabalho), mas ele não respondeu, comecei a ficar mais apreensiva com isso. O dia inteiro se passou e nada de ele me responder.

28/03/2011 (Noite) – Já era por volta das 23 horas quando o Ricardo entrou no MSN e falou comigo. Pediu desculpas por não ter respondido antes, pois estava no trabalho e o dia fora muito corrido na empresa. Começamos a conversar novamente sobre o ingresso que ele me devia e resolvemos o seguinte:

Eu iria encontrá-lo no dia seguinte no shopping às 20 h pra pegar o dinheiro do ingresso e depois eu iria pro show (ele até queria ir, mas tinha aula na faculdade e não seria possível), combinamos tudo e ele saiu do MSN. Mas eu estava muito eufórica com a possibilidade de ir ao show de uma das minhas bandas preferidas e perdi completamente o sono. Continuei no MSN por algum tempo conversando principalmente com a Pam (nova amiga muito querida já).

29/03/2011 (Madrugada) - Depois que já não havia ninguém pra puxar assunto resolvi fazer as unhas (1 da manhã). Fiquei nisso até as 04h05min da manhã, quando resolvi ir deitar (sem sono) antes que meu pai levantasse e me desse aquele esporro.

Quando era 04h30min começou a cair uma tempestade de raios aqui, nem chovia nem ventava, eram apenas raios e trovões a todo o momento. Levantei correndo pra tirar o modem da tomada e fiquei me revirando na cama depois pra conseguir dormir. Fiquei apenas pensando em como seria ir pro show com o tempo ruim.

29/03/2011 (Manhã) – Acordei às 09h e liguei o MSN rapidinho, pois eu tinha bastante coisa pra fazer naquele dia. Mas meu plano não foi bem sucedido, fiquei tempo demais na frente do notebook tentando consolar o Victor (meu melhor amigo) e criando forças pra levantar da cama. Só quando o relógio marcava 11 horas tomei coragem e levantei para me arrumar e sair para resolver os milhares de coisas que me esperavam naquele dia.

29/03/2011 (Tarde) – Devia ser por volta do meio dia quando passei na loja da Jeannine (amiga fofa que adoro) e matei saudades dela. Conversamos bastante e antes de eu ir embora ela me deu de presente um piercing pro nariz (como se a Pam já não tivesse me atentado o bastante pra eu furar).

Cheguei à casa de Cecília por volta das 13 h, almocei e fui tirar dinheiro na casa lotérica pra poder ir comprar meu ingresso no posto. Voltei pra casa de Cecília, descansei da caminhada e fui ao posto de venda da Ingresso Rápido daqui do bairro.

Cheguei lá estava sem internet e não dava pra eu comprar meu ingresso (muito azar). Voltei pra casa dela tentando arquitetar uma forma de conseguir comprar o ingresso logo. Mandei uma mensagem de texto pro celular do Ricardo avisando que não daria tempo de encontrá-lo antes do show e que eu iria buscar o dinheiro no dia seguinte. Olhei no Google Maps o modo mais rápido de ir pro Vivo Rio e fui me arrumar pra sair (17h).

29/03/2011 (Noite) – Passei novamente na loja da Jeannine, agora com a intenção de colocar o piercing e comprar as argolas que a Raíssa (nova amiga ParaLover e Echelon que eu adoro) pediu. Fiquei lá durante um tempo esperando pra subir pro quadrado do terror (acabei de batizá-lo assim!).

Quando cheguei lá em cima pra furar comecei a ficar nervosa demais, sentei na caminha que tem lá e o nervosismo aumentou ainda mais. Até agora a imagem da Jeannine colocando as luvas me aterroriza! Enrolei um pouco, mas tinha que tomar coragem logo ou não daria tempo de ir ao show.

Finalmente fiquei quieta para ela conseguir furar meu nariz e sem dó nem piedade ela o fez. Lembro-me da dor extrema que senti, mas não gritei nem nada, fiz só uma careta que deve ter sido muito feia.

Depois que ela terminou comecei a sentir um enjoo, pensei que ia vomitar (eca), aí levantei querendo ir ao banheiro, mas fiquei tonta e ela me colocou sentada numa cadeira e me deu um pouco de sal, pedi um copo d’água logo em seguida e fiquei sentada ali durante alguns minutos pra eu me recuperar totalmente.

(Continua... [Fazer suspense é tão legal!!])

Um comentário:

Jeannine Xavier - ( Jeam'x ) disse...

Doidona tu mulé!!!
Parabens e obrigada por escrever meu nome certo... e EU ADOREI o batizado do meu quadrado... Quadrado do Terror... rsss...
Apesar de toda aquela sua enrolação, e seu mal estar, conseguimos colocar o piercing e ficou mais linda do que és... E depois de tudo isso, vc agora está aí, lembrando do (como vc disse) Melhor show da sua vida... :D
beijos e... apareça mais lá e faça mais propaganda eheheh beijao